Serafim Corrêa fala sobre as pendências no Cauc que impedem repasses do Governo Federal ao interior do Amazonas

Notícia postada em 07/04/2015 18:32

Deputado falou ainda sobre as invasões na área do Distrito Industrial 2, pertencente à Superintendência da Zona Franca de Manaus

O deputado Serafim Corrêa (PSB) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta terça-feira (7), para falar sobre a problemática que o interior do Amazonas  enfrenta com o impedimento de receber recursos do Governo Federal, devido as restrições no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC). “Nenhum município do Amazonas, absolutamente nenhum, pode receber recursos do Governo Federal. Apenas Manaus tem condições de receber esses recursos. Essa é uma triste realidade”, disse.

Serafim Corrêa também falou sobre a queda na arrecadação tributária contabilizada pelo Governo do Amazonas no primeiro trimestre de 2015.  “O secretário de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), anunciou, ontem,  uma queda de arrecadação de mais de R$ 250 milhões, em três meses. Isso, projetando para quatro meses, irá resultar em uma perda de R$1 bilhão, o que vai balançar as estruturas econômicas do Amazonas. E todos, sem exceção: Assembleia, Tribunal de Contas, Ministério Público, Executivo e Judiciário, devemos ter consciência dessa realidade”, defendeu.

Invasões

O deputado voltou a se pronunciar sobre as invasões na área do Distrito Industrial 2, pertencente à Superintendência  da Zona Franca de Manaus (Suframa), e que permanece abandonado e entregue à “indústria da invasão”.

“Essa invasão é criminosa. E é lamentável que a única providência tomada pelo Ministério Público Federal (MPF) foi o envio de um ofício para a Suframa, para saber se as terras pertencem à autarquia”, finalizou.

O parlamentar também usou a tribuna da Aleam para parabenizar a todos os jornalistas amazonenses pela passagem do dia oficial da categoria, comemorado em 7 de abril. “Os profissionais da imprensa são fundamentais no dia-a-dia na vida da sociedade e da cidade. Parabéns a todos!”.

 Fonte: Aleam

Comente esta notícia