Segundo caso de microcefalia associada ao Zika é registrado nos Estados Unidos

Notícia postada em 02/06/2016 07:53

O centro médico da Universidade Hackensack, de Nova Jérsei, confirmou que uma criança nasceu no dia (31) aparentemente com microcefalia associada ao Zika nas dependências do hospital por meio de uma cirurgia cesariana. O Centro Médico acrescentou, porém, que novos exames serão realizados para atestar, de forma definitiva, que a criança nasceu com a doença.

Segundo o diretor de Medicina e Cirurgia materno-fetal do hospital, Abdulla Al-Khan, a mãe, cujo nome não foi identificado, tem 31 anos, é natural de Honduras, e veio para os Estados Unidos depois que descobriu que tinha sintomas relacionados com a zika. Se confirmado, este é o segundo caso de microcefalia nos Estados Unidos. No início deste ano, um bebê nasceu no Havaí com microcefalia associada ao vírus da zika.

Al-Khan disse um ultra-som realizado na semana passada revelou os primeiros sinais de que a criança tinha defeitos congênitos, incluindo microcefalia

Fonte: Agência Brasil/ Foto: André Borges/ Agência Brasília

Comente esta notícia