Safra de grãos bate recorde com 209 milhões de toneladas

Notícia postada em 12/09/2015 00:25

Soja e milho safrinha foram os responsáveis pela expansão da produção nacional.

A safra brasileira de grãos 2014/2015 registrou 209,5 milhões de toneladas e alcançou um número recorde em relação à última produção agrícola. O aumento foi de 8,2%, ou 15,9 milhões de toneladas, sobre a produção de 2013/14, de 193,62 milhões de toneladas. As informações foram divulgadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nesta sexta-feira (11). Este foi o 12º e último levantamento da safra 2014/2015.

“Mais uma vez, o agronegócio dá resposta positiva para a economia do País. Este é um setor que dá resultado”, disse Melo. Os ganhos de produtividade, com aplicação de novas tecnologias, colaboraram para o desempenho positivo.

O ganho de produtividade da segunda safra de milho, registrado nos estados do Sudeste, Centro-Oeste e no Paraná, foi um dos responsáveis pelo crescimento.

A produção de milho chegou a 54,5 milhões de toneladas, um aumento de 12,6% no ano agrícola. A soja também teve aumento expressivo, de 11,8%, com produção de 96,2 milhões de toneladas.

O trigo está em início de colheita em alguns estados do Centro-Oeste, Sudeste e no Paraná. 

Apesar da redução de 10,4% da área plantada, a expectativa é aumento de produção, podendo chegar a 7 milhões de toneladas, graças à recuperação da produtividade no Rio Grande do Sul.

Os dados da Conab registram que há 58 milhões de hectares de área plantada, aumento de 1,7% em relação à safra 2013/14. A soja apresentou crescimento de 6,4% de área plantada, enquanto o plantio de milho foi ampliado em 4,1%.

O levantamento da safra 2014/2015 foi feito entre os dias 23 e 29 de agosto, envolvendo informações sobre área plantada, estimativa de produção e produtividade, evolução do desenvolvimento das culturas, pacote tecnológico utilizado pelos produtores e evolução da colheita.

Fonte: Portal Brasil -  Ministério da Agricultura, com informações da Agência Brasil - Foto: Pedro Revillion/ Palácio Piratini

Comente esta notícia