Radialista denuncia invasão da rádio comunitária do Mutirão da tribuna da Assembleia

Notícia postada em 31/03/2015 07:39

Amazonas

Ivan Brito cobrou uma explicação formal sobre a invasão Rádio Comunitária “A Voz das Comunidades 87.9 FM”

A convite do deputado e presidente da Comissão de Direitos Humanos, José Ricardo (PT), o radialista Ivan Brito utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nessa segunda-feira (30), para revelar como aconteceu a invasão Rádio Comunitária “A Voz das Comunidades 87.9 FM”, do bairro Mutirão, em Manaus, na última quinta-feira (26).

Segundo Ivan, naquela tarde, ele e cerca de dez pessoas – comunitários, colaboradores, crianças de colo e jornalistas – estavam dentro da rádio quando, subitamente, o prédio foi invadido por soldados Polícia Militar do Amazonas (PMAM), fortemente armados. Ivan disse que, de acordo com a assessoria da Polícia Militar, os policiais receberam uma denúncia anônima de que havia pessoas em “cárcere privado” dentro das instalações da rádio. “E foram averiguar adentrando no local como se lá fosse um esconderijo de bandidos”, reclamou o radialista.

Ivan Brito cobrou do governo e da cúpula da Segurança Pública no Estado, uma explicação formal sobre essa situação. “Até agora só fizeram silêncio absoluto sobre o porquê da invasão”, assinalou.

Após ouvirem o relato do radialista os deputados Serafim Corrêa (PSB), Bosco Saraiva (PSDB), Alessandra Campêlo (PCdoB), José Ricardo (PT), Adjuto Afonso (PP) e Carlos Alberto (PRB) se solidarizaram com o denunciante e colocaram o partido à disposição para acompanhar as investigações.

Fonte: Aleam

Comente esta notícia