Quer um gato? Conheça suas particularidades

Notícia postada em 03/05/2015 11:54

Na hora de escolher um bicho de estimação, muitas vezes surge a dúvida: qual animal comprar/adotar? Na maioria das vezes, a indecisão é entre gato e cachorro, duas boas companhias, mas com perfis diferentes. Aqui, a veterinária Virgínia Izabel Ribeiro Rodrigues fala um pouco sobre as particularidades do gato. Confira:

- Emoções: o gato é mais contido, não demonstra seus sentimentos como o cachorro (apesar de tê-los!!). Ele é um bicho extremamente fiel ao dono.

- Habitat: ele gosta do ambiente dele, das coisas no lugar certo, do lugar com o qual está acostumado. Não é muito de passeios.

- Banho: o gato é limpo por natureza. Não suam pela pele como nós, por isso não têm mal-cheiro e não necessitam de banho. Um cuidado que se deve ter com o gato doméstico é a escovação. “Para ele não engolir pelo, e não fazer bola de pelo no estômago e no intestino, porque aí vira patologia e é uma coisa bastante séria”, explica a veterinária.

- Higiene: os bichanos são extremamente higiênicos. Desde bebês já saem do seu cantinho de descansar e dormir para fazer suas necessidades o mais longe possível. Inclusive, quando a caixa de areia não foi limpa, eles fazem cocô e xixi perto dela, mas não no local que está sujo.

- Castração: Virgínia orienta que após adquiridos os gatos sejam castrados. Além de evitar aumentar o número de gatos jogados pelo mundo (superpopulação), a gato castrado fica muito mais dócil.

- Adoção: para não correr riscos de adaptação, o melhor é adotar um gato ainda filhote. O gato adulto é mais refratário a um novo ambiente.

- Alimentação: o gato gosta de comer toda hora um pouquinho e beber bastante água. Virgínia sugere que a água seja colocada em vários pontos da casa e a comida apenas em um local, sempre. Ela alerta, ainda, que estes suprimentos nunca estejam perto do banheiro deles.

Fonte: EBC

Comente esta notícia