Produção industrial brasileira cai de julho para agosto

Notícia postada em 03/10/2017 20:05

RBA - A produção industrial brasileira caiu 0,8% de julho para agosto, o que interrompe uma série de quatro meses de expansão, segundo o IBGE. Pelos dados divulgados na manhã de hoje (3), a atividade cresceu 4% na comparação com agosto do ano passado. No ano, sobe 1,5%. Em 12 meses, mostra estabilidade (-0,1%).

De acordo com o instituto, a queda em agosto atingiu duas das quatro categorias econômicas pesquisadas e oito dos 24 ramos. A primeira influência negativa veio do setor de produtos alimentícios (-5,5%). Também caíram as atividades de máquinas e equipamentos (-3,8%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-1,6%) e indústrias extrativas (-1,1%). O setor de veículos automotores registrou crescimento de 6,2% no mês.

Em comparação com agosto do ano passado, o IBGE apurou alta nas quatro categorias, em 20 dos 26 ramos, 54 dos 79 grupos e 55,7% dos 805 produtos pesquisados. Destaque novamente para veículos automotores, reboques e carrocerias, que com elevação de 28,2% teve a maior influência positiva no resultado. Outras altas vieram de produtos alimentícios (4,7%), equipamentos de informática, produtos eletrônicos e óticos (22,1%) e indústrias extrativas (2,6%), entre outros.

Das seis atividades com redução na produção, a de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis caiu -3,7%.

Comente esta notícia