Potência instalada do setor elétrico recebeu 4,1 mil MW em 2015

Notícia postada em 18/11/2015 09:39

Do total de entrada de unidades em operação comercial entre janeiro e outubro, 1,6 mil megawatts são de usinas eólicas.

O parque de geração de energia elétrica brasileiro registrou a entrada em operação comercial de 4.179 megawatts (MW) de potência instalada entre 1º de janeiro e 15 de outubro deste ano. Desse total instalado, 1.654,2 MW são provenientes de usinas eólicas; 1.209 MW são de hidrelétricas; 1.222,9 MW, de termelétricas; e 92,6 MW, de pequenas centrais hidrelétricas.

Os dados estão presentes no boletim de acompanhamento da expansão da oferta, divulgado nesta terça-feira (17) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O boletim destaca, ainda, que a expansão da matriz energética brasileira conta, atualmente, com projetos de 763 usinas, totalizando 44.249,25 megawatts (MW) de capacidade a ser instalada.

Segundo a Aneel, um destaque em relação ao boletim anterior, divulgado em julho, refere-se à incorporação das usinas fotovoltaicas (UFV), atualmente responsáveis por pouco mais de 1.000 MW de capacidade instalada a ser implantada, representando cerca de 3% da matriz de expansão da energia elétrica. Outro ponto que merece ser ressaltado é o acréscimo de cerca de 1.000 MW da fonte eólica quando comparada à edição de julho de 2015.

O elevado percentual de potência a ser instalada por usinas hidrelétricas (UHE) com obras em andamento (94%) deve-se a importantes hidrelétricas que estão em fase avançada: Belo Monte (11.233,1 MW) e Teles Pires (1.819,2 MW). Juntas, representam 71% do total de potência a ser acrescida ao sistema proveniente de hidrelétricas. A UHE Teles Pires teve liberada a operação em teste de unidades geradoras no início de outubro de 2015.

Outro destaque das usinas com obras em andamento são as hidrelétricas do rio Madeira, Jirau e Santo Antônio. Elas estão contribuindo com energia para o sistema com a operação comercial de 35 unidades geradoras (2.625 MW), em Jirau, e 32 turbinas (2.286 MW), em Santo Antônio. As demais unidades geradoras dessas usinas estão em processo de motorização e correspondem à capacidade a ser instalada de 1.125 MW (15 turbinas) para Jirau e 1.282 MW (18 turbinas) para Santo Antônio. Está prevista, ainda para este ano, a operação comercial de mais três unidades geradoras de Jirau e duas de Santo Antônio.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Aneel

Comente esta notícia