Petrobras obtém bons resultados na produção e as ações sobem mais de 8%

Notícia postada em 18/09/2015 06:22

A Petrobras divulgou, nesta quarta-feira (16), que a produção média de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior em agosto foi de 2,88 milhões de barris de óleo equivalente por dia (Boed – óleo e gás), uma produção 3,1% maior que a de julho – 2,8 milhões de barris. Esse resultado é um novo recorde histórico para a companhia – em dezembro de 2014, o recorde era de 2,86 milhões de barris dia.

A produção de agosto foi 4,5% maior que a do mesmo mês do ano passado. Com esse resultado, as ações PN e ON tiveram forte alta ao longo do dia na BMFBovespa, contribuindo para a alta geral da bolsa, que encerrou o pregão acima de 2,4%. As ações PN da Petrobras fecharam cotadas a R$ 8,14, alta de 6,41%. As ações ON subiram 8,59%, cotadas a R$ 9,48.

A Petrobras destacou que a produção total operada no Brasil, incluindo a parcela de empresas parceiras, ultrapassou, pela primeira vez, a marca dos 3 milhões de barris por dia. A produção de petróleo foi de 2,21 milhões de barris por dia, 3% acima dos 2,14 milhões produzidos em julho, sendo a segunda marca histórica.

Em comunicado divulgado para os investidores, a empresa informou que o crescimento da produção foi motivado pela entrada em operação, no dia 31 de julho, da unidade de produção FPSO Cidade de Itaguí. Esse navio plataforma está ancorado em Iracema do Norte, numa área localizada a noroeste do campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, litoral do estado do Rio de Janeiro.

A plataforma FPSO Cidade de Itaguaí tem capacidade para processar diariamente 150 mil barris de petróleo e 8 milhões de metros cúbicos de gás natura. Também contribuiu para o recorde histórico, por exemplo, a retomada da operação de plataformas que estavam paradas para manutenção técnica.

A produção de gás natural no Brasil, excluindo o volume liquefeito, também foi um recorde, com a produção 77,2 milhões de metros cúbicos ao dia, 3,6% acima da marca verificada no mês anterior.
Novo recorde no pré-sal

O comunicado divulgado hoje destaca que, na área do pré-sal, dois novos recordes foram batidos: o da produção diária operada pela Petrobras, com volume de 896 mil barris/dia, no dia 19 de agosto, e o de produção mensal operada pela empresa, que atingiu 859 mil barris no mês de agosto.

No exterior, foram produzidos 192 mil barris de óleo equivalente, 3,8% acima dos 185 mil barris produzidos em julho. Esse resultado foi atribuído ao retorno das operações da plataforma do Campo de Saint Malo, no Golfo do México norte-americano. A produção de petróleo foi de 101 mil barris/dia, acima dos 969 mil barris produzidos em julho e a produção média de gás natural no exterior foi de 15,4 milhões de metros cúbicos, 1,9% acima da marca de 15,1 milhões m3/dia em julho.

Fonte e foto: PT Senado

Comente esta notícia