Pescadores de Alagoas elogiam proteção social criada por Lula

Notícia postada em 21/08/2017 19:14

Regulamentação do seguro-defeso e linhas de crédito para compra de equipamentos trouxeram segurança para a vida dos pescadores

“Hoje a gente vê que o Lula foi o presidente que mais valorizou os pescadores”. A afirmação foi feita por um próprio pescador alagoano, em entrevista à Agência PT de Notícias. Erinaldo Santos Gonçalves, vice-presidente da colônia de pescadores de Piaçabuçu, vive em uma cidade próxima à foz do rio São Francisco, em Alagoas.

Ele conta que, para sua comunidade, a regulamentação do seguro-defeso pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, com a Lei 10.779, trouxe mais segurança no período em que é proibido pescar por conta da reprodução nos peixes. Além disso, no governo Lula, lembra, foram abertas várias linhas de crédito para os pescadores artesanais.

O ex-presidente passará por Alagoas, a partir desta quarta-feira (23), com a caravana Lula pelo Brasil. No estado, ele passará por Penedo, Arapiraca, e Maceió.

“Infelizmente o governo hoje já não dá voz aos pescadores, e uma prova disso foi a extinção do Ministério da Pesca. O Lula criou o Ministério e agora acabaram com o Ministério. A gente agora não sabe o que fazer”, lamentou Gonçalves.

“Quando o Lula era presidente, a gente tinha muitas linhas de crédito para os pescadores. O pessoal fazia empréstimo para comprar barco, rede, motor, tinha os projetos nas colônias. Hoje em dia não tem mais, o governo está cortando”.

“Até no governo da Dilma a gente conseguiu um curso técnico à distância de aquicultura e pesca. Se formou uma turma e o governo atual não quis saber de renovar o contrato”, completou Erinaldo.

Erinaldo Golçalves é vice-presidente da associação de pescadores de Piaçabuçu

Outro pescador de Piaçabuçu, Reinaldo Santos Bezerra, 42, elogia Lula pela facilidade durante seu governo para fazer empréstimo para comprar motor para os barcos. “Se Lula voltar vai ser bom para a gente, porque esse governo que está aí tá botando para arrebentar com o pobre. O pobre não tinha motor aqui, depois que Lula entrou na presidência o pobre tem motor no seu barquinho para pescar”.

Erinaldo ainda destaca que Lula valorizou o pobre e hoje, após o golpe, volta a incerteza. “O Lula veio de família humilde e acho que por isso ele sempre deu valor a essa coisa de ajudar a pobreza. E os pescadores hoje vivem essa incerteza, se vai tirar ou não o seguro defeso, porque o Temer do jeito que está fazendo, é para acabar com tudo que venha beneficiar o pobre”.

O pescador Reinaldo Bezerra quer a volta de Lula Lula pelo Brasil

A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos estados do Nordeste, entre agosto e setembro, é a primeira etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes.

O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa do PT com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do PT e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista nos últimos dois anos.

Por Pedro Sibahi, enviado especial ao Nordeste com a caravana Lula pelo Brasil, para a Agência PT de Notícias

Comente esta notícia