Padre João denuncia emboscadas em assentamentos rurais

Notícia postada em 25/04/2017 17:52

O deputado Padre João (PT-MG) ocupou a Tribuna nesta terça-feira (25) para denunciar as constantes ameaças e emboscadas que estão acontecendo nos assentamentos de trabalhadores rurais em Minas Gerais. “São ataques contra os trabalhadores. Já denunciamos o ataque ocorrido no norte de Minas, no Acampamento Alvimar Ribeiro, em Capitão Enéas e, também, o assassinato de um trabalhador sem-terra no Assentamento Liberdade, em Periquito. Deixo a nossa solidariedade ao movimento dos trabalhadores sem-terra no Estado de Minas Gerais”, disse.

Na avaliação do parlamentar petista, é preciso uma ação da Polícia estadual para apurar os ataques aos acampamentos de sem-terra. “Deixo o apelo ao governador Fernando Pimentel para que, junto à Polícia Civil, instale inquéritos e apure esta ação orquestrada de jagunços, patrocinada por fazendeiros. Estão sendo atacados trabalhadores e trabalhadoras que querem produzir alimento, e sem veneno, para o nosso povo, que querem produzir alimento que garanta saúde e vida para o nosso povo”, disse.

Na Comissão de Direitos Humanos, acrescentou Padre João, “estaremos também fazendo audiências, junto com o presidente do colegiado, deputado Paulão (PT-AL) e com o companheiro deputado Adelmo Carneiro Leão (PT-MG), também membro da comissão. Então, fica aqui o nosso protesto, a nossa indignação e também a nossa solidariedade aos familiares dos sem-terra. O sangue derramado cria mais indignação em todos nós. Vamos à luta! Isso não pode ficar impune”, reiterou o parlamentar do PT.

Fonte: PT na Câmara - por Gizele Benitz

Comente esta notícia