Nas redes, petistas derrubam discurso tucano em convenção

Notícia postada em 06/07/2015 20:06

As acusações feitas por líderes do PSDB durante convenção nacional do partido foram desmentidas com fatos e argumentos por petistas e militantes.

As acusações feitas por líderes do PSDB durante convenção nacional do partido, nesse domingo (5), em Brasília (DF), foram desmentidas com fatos e argumentos por petistas e militantes nas redes sociais.

O vice-presidente Nacional do PT e coordenador de mídias sociais do partido, Alberto Cantalice, foi um dos petistas que usou sua página no Twitter para derrubar o discurso golpista dos tucanos.

Cantalice rebateu as acusações feitas pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de que o PT “gosta do poder a qualquer preço”.

“O PSDB é que não gosta de alternância de governo. Minas 12 anos, São Paulo 21 anos e FHC ainda “criou” o instituto da reeleição. Descarados!”, publicou.

“Nós não enxergamos estatura moral nos Tucanos e aliados para nos atacar. Eles que passaram anos no governo federal e quebraram o Brasil três vezes”, escreveu o petista em sua página no Twitter.

O internauta Rodrigo 13‏ (@RodP13) respondeu ao dirigente lembrando o tempo de mandato exercido pelo PSDB em Minas Gerais. “Em Minas foram quase 20 anos seguidos. 4 anos do #Impune Azeredo, mais 12 de Aécio. Pequeno alívio com Itamar no meio”, lembrou.

A internauta Neusa Lima Steinbach relembrou a situação deixada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, quando esteve no poder.

“Em 1999 o Brasil estava em uma crise tremenda e o presidente era Fernando Cardoso. Inflação de dois dígitos”, disse.

O tucano disse hoje “raramente”ter visto um “momento como este, em que se acumulam crises de vários tipos”.

“Tucanos golpistas, c/ apoio do PIG, enchem a boca pra falar de corrupção,mas esquecem: PSDB é o campeão de barrados pela lei da ficha limpa”, publicou o perfil do PT na Câmara.

Fonte: Agência PT de Notícias

Comente esta notícia