Ministro anuncia 44 bilhões em investimentos públicos e privados nos portos brasileiros

Notícia postada em 06/08/2015 18:33

O ministro dos Portos, Edinho Araújo, afirmou que o governo federal vai investir até o final de 2016, sete bilhões de reais em obras de infraestrutura e dragagem em vários portos do Brasil. Além dos investimentos públicos, o ministro destacou ainda que a nova etapa de concessões no setor (anunciados pela presidenta Dilma Rousseff em julho) devem atrair investimentos de 37,4 bilhões de reais nos próximos anos. A declaração ocorreu durante Comissão Geral no plenário da Câmara, que debateu o funcionamento dos portos no País.

“A expansão da atividade portuária será essencial para a retomada do crescimento econômico, após os ajustes que estão sendo realizados. Mas posso garantir que, ainda assim, o setor está aquecido e o governo federal e o ministério continuarão a fazer a sua parte para acelerar os investimentos nos portos do País”, destacou.

Para comprovar o bom funcionamento do setor, Edinho Araújo disse que a maioria dos grandes portos brasileiros cresceu no primeiro semestre de 2015 mais do que no ano passado. Como exemplo, ele citou o Porto de Santos (o maior do País) que movimentou 46,1 milhões de toneladas no primeiro semestre, 7,1% a mais que no mesmo período do ano passado.

Segundo ele, o mesmo ocorreu em outros portos como o de Paranaguá (PR), Tubarão (SC) e Vitória e Vila Velha (ES). 
Benefícios- Sobre os benefícios em relação à economia, o ministro destacou que estudos realizados apontam que a cada US$ 1 milhão gerados na movimentação de mercadorias dentro dos Portos, outros US$ 3,5 milhões são produzidos no entorno do local.

Já em relação à geração de empregos, para cada 100 vagas abertas nos Portos, outras 500 surgem nas localidades próximas ao complexo portuário.

Foto: Gustavo Bezerra

Fonte: PT Câmara - Héber Carvalho

 

Comente esta notícia