Ministério da Defesa apoia hidrovia de 1.076 km no Rio Madeira

Notícia postada em 05/04/2015 10:54

Ministro participou da cerimônia de entrega do Navio Hidroceanográfico Rio Branco no estado do Amazonas. Evento aconteceu nessa quarta (1)

Em sua terceira visita à Amazônia desde que assumiu a pasta, o ministro da Defesa, Jaques Wagner, anunciou apoio à implementação da Hidrovia do Rio Madeira, que cortará os estados de Rondônia e do Amazonas.

Orçada em R$ 40 milhões – preço equivalente a apenas 40 km de rodovia -, a hidrovia terá uma extensão de 1.076 km. Jaques Wagner acredita que o momento é adequado para o governo federal investir no transporte hidroviário. "O custo do transporte nas hidrovias é mais barato e na Amazônia não temos estradas", disse o ministro.

Wagner anunciou que articulará junto a outros ministérios apoio à Marinha do Brasil para a realização das quatros fases necessárias para a implementação da hidrovia: levantamento hidrográfico, produção de carta náutica, sinalização  e dragagem dos pontos críticos do leito dos rios.

Navio Hidroceanográfico “Rio Branco”

Na Estação Naval do Rio Negro (AM), o ministro participou da cerimônia de entrega do Navio Hidroceanográfico “Rio Branco”. Com investimentos de R$ 48 milhões em equipamentos, a embarcação desenvolvida pela Indústria Naval do Ceará (Inace) irá aumentar a segurança da trafegabilidade dos rios amazônicos. 

A entrada em operação do “Rio Branco” deve baratear os custos de transporte na região. Atualmente, para navegar de  Manaus a Tabatinga, é necessário a contratação de uma lancha ao custo de R$ 60 mil.  

Fonte: Ministério da Defesa 

Comente esta notícia