Justiça condena Richa a devolver 2 milhões de reais por contrato sem licitação

Notícia postada em 23/05/2015 17:54

Mesmo com três aviões em condições de uso, governo contratou avião e helicóptero sem licitação.

A crise no governo do Paraná ganhou novo agravante nessa sexta-feira (22). A Justiça do estado condenou o governador Beto Richa (PSDB) a devolver R$ 2 milhões aos cofres públicos por contratos sem licitação.

O tucano terá que indenizar o estado pela contratação de um avião a jato e de um helicóptero, entre março e junho de 2011. O contrato, além de irregular, mostrou-se desnecessário, visto que o governo do Paraná possuía três aviões em condições de uso quando contratou o serviço.

De acordo com a ação, pouco tempo depois do contrato ser firmado, uma das aeronaves foi vendida para um proprietário Helisul, empresa contratada para prestar o serviço ao estado do Paraná.

A sentença foi em primeira instância e ainda cabe recurso.

Foram condenados também o Secretário Chefe da Casa Militar, Adilson Casitas, e o sócio da empresa Helisul Eloy Biezus.

Ainda segundo a ação, um dos sócios da empresa “é amigo pessoal do Governador do Estado e já teria prestado serviços para o PSDB quando da corrida eleitoral”.

Fonte: Agência PT 

Comente esta notícia