HSBC contratou funcionários da JP Morgan para assessoramento em sonegação

Notícia postada em 05/03/2015 18:35

O ex –vice-presidente do banco de investimento, Hernán Arbizu, afirmou que o banco contratou funcionários da entidade na qual trabalhava "para se assessorar sobre o know how (procedimento) de sonegação".

Arbizu, o qual se auto-incriminou e denunciou publicamente faz cinco anos como o JP Morgan ajudava os principais grupos econômicos na fuga de capitais, realizou hoje declarações para rádio FM Blue.

O ex-banqueiro fez referência à acusação realizada pela Administração Federal das Receitas Públicas (Afip), sobre a intervenção do HSBC nas operações de sonegação e fuga de capitais, mediante a abertura de 4.040 contas de empresas e investidores argentinos na Suíça.

“A culpa de que haja dólares argentinos fora da Argentina é dos bancos que estão na Argentina", considerou Arbizu.

Também questionou a rejeição das autoridades do HSBC de entregar a documentação requerida pela Afip, com o argumento de que a referida foi perdida durante o incêndio do depósito Iron Mountain, em fevereiro do ano passado.

“Chama muito a atenção que os bancos não tenham back up da sua documentação", afirmou Arbizu.

Fonte: Telám

Comente esta notícia