Hotel abandonado vai virar centro de visitação do Cristo nas Olimpíadas

Notícia postada em 13/08/2015 06:54

Os visitantes do Cristo Redentor vão ganhar, até julho de 2016,  antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, um centro de visitação no antigo Hotel das Paineiras, construído no Parque Nacional da Tijuca em 1880 e desativado há 30 anos. O local vai contar com atrações como espaço cultural, loja de lembranças, lanchonete, sanitários e restaurante panorâmico com vista para a zona sul da cidade.

A obra deverá começar daqui a um mês, é fruto de uma parceria público-privada e tem orçamento estimado em R$ 65 milhões. De acordo com o secretário municipal de Cultura do Rio, Antônio Pedro Figueira de Mello, o objetivo da reforma é dar mais conforto aos visitantes do mirante do Cristo Redentor: "Hoje, quem vem ver o Cristo fica esperando na fila e não tem nada para fazer aqui nas Paineiras. Queremos melhorar a qualidade da visitação ao principal cartão-postal do Brasil e dar uma utilidade a um espaço ocioso e degradado".

O chefe do Parque Nacional da Tijuca, Ernesto Viveiros de Castro, informou que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e o Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) já autorizaram a revitalização do antigo hotel, que dá acesso ao Morro do Corcovado, onde está localizado o Cristo Redentor. Ele ainda garantiu que a reforma não trará impacto para a floresta.

"O consórcio Paineiras-Corcovado nos apresentou um levantamento detalhado de todas as árvores que estão na área de influência da obra, e vimos que serão derrubadas somente aquelas entre estacionamentos e jardins, ou seja, não será retirada nenhuma árvore em área de floresta. Independente disso, colocamos uma condicionante de que fosse replantado três vezes o número de árvores retiradas", disse.

O diretor do consórcio Paineiras-Corcovado, que administra o local, Pablo Morbis disse que  a revitalização será feita em duas etapas: "As obras da primeira fase vão começar no mês que vem e serão finalizadas até as Olimpíadas de 2016. Essa etapa consiste na reforma das estruturas do hotel, que terá uma nova bilheteria com sistema de senhas para diminuir as filas, além de exposições e um restaurante panorâmico no último andar. A segunda fase será a construção de um estacionamento para que possamos reordenar por completo o trânsito nas Paineiras".

A visitação ao Cristo ocorrerá normalmente durante as obras, de acordo com Morbis. Ele informou, porém, que haverá redução de vagas para carros de passeio e recomenda que os visitantes dêem preferência às vans que saem do Largo do Machado e de Copacabana, na zona sul da cidade.

O Morro do Corcovado é o ponto turístico mais visitado do Rio de Janeiro, com mais de dois milhões de visitantes por ano. Está localizado na Floresta da Tijuca, que divide as zonas sul e norte do Rio, e conta com outras atrações, como a Vista Chinesa e a Pedra da Gávea.

Foto: Crédito - Tânia Rêgo/Agência Brasil

Fonte: Agencia Brasil

Comente esta notícia