Grupo Moças do Samba lança o projeto Feminina Voz do Samba

Notícia postada em 02/05/2015 10:23

Acre

O grupo musical apresentará sambas consagrados por intérpretes e compositoras brasileiras (Foto: Divulgação).

O grupo Moças do Samba estreia o projeto Feminina Voz do Samba, neste sábado, 2, às 20 horas, no Novo Mercado Velho.   A ideia com o projeto é narrar a trajetória da mulher como sujeito importante na construção dessa manifestação cultural brasileira, por meio de uma roda de samba educativa.

O repertório apresentará sambas consagrados por intérpretes de renome e compositoras brasileiras, que serão homenageadas. “Será uma viagem musical que parte dos primeiros registros da participação da mulher no contexto do samba e termina em algumas cantoras da atualidade que vem se destacando nesse mercado”, explica Carol Di Deus, uma das cantoras do grupo.

Com o projeto, o Moças do Samba pretende envolver o público de jovens e de mulheres de várias faixas etárias para que conheçam o universo desse gênero musical. No final da roda de samba haverá um bate-papo sobre a temática. O Feminina Voz do Samba circulará por escolas e espaços que prestam assistência à mulheres.

O Moças do Samba é formado por Carol Di Deus, Narjara Saab, Sandra Buh, Vanessa França e Yasmim O´hana. A direção musical é assinada pelo músico Carlos Nascimento e as apresentações terão a participação dos músicos James Fernandes, Marcone Pota e Sebastião Dias (Mano).

O projeto Feminina Voz do Samba é financiado pela Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, com o patrocínio da Uninorte. O apoio cultural é do governo do Estado, via Fundação Elias Mansour (FEM).

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Comente esta notícia