Governo defende integração de estruturas esportivas de alto rendimento

Notícia postada em 16/12/2016 23:21

Um dos próximos desafios do governo federal, na pasta de Esportes, é integrar todas as estruturas esportivas consolidadas no País para receber atletas de alto rendimento. A ação, que abrangerá várias modalidades, é fundamental para iniciar o ciclo olímpico rumo a Tóquio 2020.

Essa ideia foi reforçada pelo ministro do Esporte, Leonardo Picciani, durante a 6ª edição do Encontro Nacional de Editores, Colunistas, Repórteres e Blogueiros (Enecob), no Rio de Janeiro.

"O Brasil tem hoje uma rede de alto rendimento, com equipamentos de excelência por todas as regiões. Ela precisa funcionar de forma integrada, e é isso que estamos buscando fazer", disse o ministro.

Picciani afirmou, ainda, que tudo o que foi feito para o ciclo Rio 2016 resultará em melhorias permanentes. "Tenho convicção de que o Brasil terá em Tóquio 2020 um melhor resultado que no Rio, que já foi extraordinário e o melhor da nossa história em jogos olímpicos", afirmou.

Evento

O Enecob é realizado anualmente e reúne jornalistas, autoridades políticas, esportistas e empresários de todas as regiões com o objetivo de debater temas relevantes. Neste ano, o evento tratou do legado esportivo dos Jogos Rio 2016 e contou com a presença de personalidades do esporte, como a campeã olímpica Rafaela Silva, do judô; a medalhista de bronze na maratona aquática, Poliana Okimoto; a medalhista de prata e bronze no vôlei de praia, Adriana Samuel; e o pioneiro do jiu-jítsu no Brasil, Robson Gracie.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Esporte/Foto: Divulgação/CBG

Comente esta notícia