Estação das Docas define programação e esquema de segurança do Círio 2015

Notícia postada em 02/10/2015 07:59

Representantes de órgãos públicos, prestadores de serviços e a direção da organização social Pará 2000 reuniram-se na quarta-feira (30), na Estação das Docas, para definir ações de segurança e apoio aos romeiros do Círio. O complexo turístico-cultural é um dos locais mais visitados por turistas na capital durante a quadra nazarena, principalmente no sábado, durante a Romaria Fluvial, quando cerca de 50 mil pessoas devem passar pelo local.

Participaram da reunião representantes de dez instituições envolvidas nas diversas atividades de competência do Estado e da Prefeitura de Belém, como Casa Militar, Cerimonial do Governo do Estado, Cruz Vermelha, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros, Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), Departamento de Estado de Trânsito (Detran), Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), secretarias de Estado de Cultura (Secult) e Turismo (Setur) e Companhia Docas do Pará (CDP).

Cada instituição expôs as ações que serão desenvolvidas em apoio aos romeiros, destacando-se as de segurança e turismo, especialmente durante a Romaria Fluvial. Uma das novidades na área da Defesa Civil será o hospital montado a bordo de uma balsa, integrada ao cortejo fluvial, com capacidade para atender até 20 eventuais pacientes, simultaneamente. Além disso, três helicópteros sobrevoarão a Baía do Guajará e ambulâncias estarão de prontidão, em todo o trecho entre Icoaraci e a Estação das Docas.

A Semob vai interditar a confluência das avenidas Visconde de Souza Franco e Marechal Hermes, onde os helicópteros poderão pousar. A Defesa Civil vai instalar três hospitais de campanha, que darão suporte ao serviço de pronto-socorro municipal e ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência.

Segurança – Toda a extensão da orla dos três armazéns da Estação das Docas será isolada no sábado véspera do Círio, sem prejuízo da visão da baía, impedindo o acesso das pessoas ao guarda-corpo do cais para evitar acidentes. Graças ao planejamento e à integração dos órgãos estaduais, municipais e federais, nunca ocorreu um só acidente na Estação, apesar do grande número de romeiros que assistem à chegada da imagem, no encerramento da procissão fluvial.

“Queremos que neste ano, novamente, os visitantes tenham na Estação um ambiente seguro e tranquilo para este momento tão importante de fé”, disse a presidente da Pará 2000, Gabriela Landé. Toda a estrutura de operações da Estação estará a postos durante o sábado e domingo. A Estação vem recebendo, nas últimas semanas, diversos serviços de manutenção, para que tudo funcione sem interrupções, com segurança e conforto.

A Estação será aberta às seis da manhã da véspera do Círio, oferecendo ao público o apoio de funcionários da Pará 2000 para informações turísticas e posto médico. A Polícia Militar vai reforçar o policiamento turístico. Toda a infraestrutura está preparada para equacionar qualquer anormalidade nas áreas de segurança das instalações, limpeza, engenharia e manutenção.

Como já aconteceu nos anos anteriores, a orla do Armazém 3 estará disponível, no sábado, para receber somente pessoas com necessidades especiais. O acesso será pelo estacionamento no portão 3B. O acesso livre a essa área do complexo ficará bloqueado por questão de segurança. O complexo tem cinco restaurantes, cervejaria, bar, teatro, espaço museológico, terminal fluvial e anfiteatro, além de dois mezaninos de lojas e serviços. É o segundo local de Belém mais visitado pelos turistas do Círio, depois da Basílica de Nazaré.

No sábado e domingo do Círio, a Estação terá horário especial de visitação. Durante a Trasladação e do Círio, a Estação estará fechada ao público. Para quem deseja acompanhar a chegada da Romaria Fluvial no complexo, os portões serão abertos às 6h, no sábado (11), e serão fechados às 16h. No domingo do Círio, a Estação abrirá para visitação a partir de 16h.

Em frente ao Armazém 2, a cantora Fafá de Belém fará um espetáculo musical na noite do sábado e outro durante a passagem da Santa, no domingo. A programação cultural da Estação em outubro será a tradicional, contemplando cinco espetáculos folclóricos e 122 apresentações musicais nos palcos móveis, bem como duas apresentações teatrais.

Fonte e foto: Agência Pará de Notícias  - por Fernanda Scaramuzzini

Comente esta notícia