Em Minas, Dilma reafirma compromisso com população afetada por tragédia no Rio Doce

Notícia postada em 15/12/2015 15:47

Em seu discurso durante a cerimônia de inauguração do Museu de Congonhas (MG), nesta terça-feira (15), a presidenta Dilma Rousseff reafirmou o compromisso do governo federal em tomar as providências necessárias em relação ao rompimento da barragem do Fundão, ocorrido no mês passado, no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG).

“Asseguro ao povo de Mariana, assim como aos mineiros e aos capixabas que vivem e dependem da bacia do Rio Doce, que tomar as medidas necessárias para que situações como essa nunca mais se repitam é algo que nós devemos àqueles que perderam suas vidas aqui na região de Mariana e que perderam também seus meios de vida”, disse.

Segundo Dilma, entre as ações do governo para recuperar a região está o atendimento às vítimas, ajudando-as a recuperar o que perderam e devolvendo-lhes uma vida normal e digna; a responsabilização dos culpados e a instituição da obrigatoriedade de reparações pela situação tanto por perdas humanas como por perdas materiais; e a recuperação ambiental e física das áreas e dos mananciais atingidos, sobretudo o Rio Doce.

“Importa para nós transformar novamente o Rio Doce naquilo que ele foi outrora. Um local com margens reflorestadas, com nascentes preservadas, recuperando inteiramente o rio. Esse é um projeto que não se esgota no curto prazo, mas que começa no curto prazo e se estende até que o rio seja de fato aquele rio que nós herdamos dos nossos ancestrais”, garantiu a presidenta.

Fonte: Blog do Planalto/  Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Comente esta notícia