Diálogo entre governo e oposição venezuelana avança e partes chegam a um pré-acordo

Notícia postada em 02/02/2018 20:58

Do Brasil de Fato - Dois meses depois de iniciar os diálogos de paz, o governo de Nicolás Maduro e os partidos da oposição venezuelana anunciaram, nessa quarta-feira (31), que chegaram a um “pré-acordo”.

O anúncio foi feito pelo líder da delegação do governo venezuelano, o ministro de Comunicação Jorge Rodríguez. “A oposição já assinou uma ata, onde estão os elementos do pré-acordo, os pontos de entendimento. Essa é uma boa notícia, porque a assinatura dessa ata significa uma derrota a todas tentativas de promover violência e guerra a partir do exterior”, disse Rodríguez.

“Faltam apenas alguns pontos mínimos, alguns detalhes para alcançar o acordo final, e que vamos definir nas próximas 72 horas, em Caracas”, ressaltou o ministro

No entanto, o acordo só terá validade quando houver consenso em todos os pontos negociados, lembra o líder da delegação do governo.

O porta-voz da oposição, Julio Borges, do partido Primeiro Justiça, também fez declarações ao final da jornada. “Estamos aqui para solucionar a crise, essa é a única razão de estarmos negociando”, disse.

“Apesar de não termos um acordo final para mostrar, podemos dizer houve avanço. Vamos fazer consultas com líderes políticos e sociais da Venezuela. Sabemos que podemos conseguir, juntos, encontrar soluções para nosso país”, reiterou Borges.

Em sua declaração à imprensa , o ministro Jorge Rodríguez também parabenizou os líderes opositores por permanecerem na mesa de negociação: “Saudamos o esforço da oposição venezuelana, que apesar das pressões externas, das ligações telefônicas, se mantiveram firmes no diálogo”.

Depois de anunciar o pré-acordo, o dólar paralelo teve uma queda rápida, saiu de 266 mil, para 249 mil bolívares em poucos minutos. A notícia foi bem recebida pela população. As hashtag #TriunfaLaPaz e #TodosQueremosDialogoyPaz foram uma das mais tuitadas na internet.

Ministro Jorge Rodríguez e a presidenta da Assembleia Nacional Constituinte, Delcy Rodríguez comemoram resultado (Foto - Crédito: Madelein García/Telesur)

Comente esta notícia