Desmatamento na Amazônia cai 80% em oito anos

Notícia postada em 17/04/2015 14:14

Dados fazem parte de estudo liderado pela Universidade Bonn, na Alemanha. Para coautor da pesquisa, aplicação efetiva da lei é um dos fatores que influenciou na redução do desflorestamento.

O desmatamento na floresta amazônia reduziu 80% entre 2004 e 2012, segundo estudo liderado pela Universidade Bonn, na Alemanha. De acordo com reportagem publicada pelo jornal “O Globo“, nesta sexta-feira (17), foram derrubados 27.772 km² de floresta em 2004,. Em 2012, o desmatamento atingiu 4.656 km².

Segundo o coautor da pesquisa, o professor Jan Börner, a destruição da floresta é feita, principalmente, por grande criadores de gado. No entanto, ele afirma que a agricultura em pequena escala também é responsável pela devastação florestal.

Para Bönner, a proteção da floresta depende da presença física de reguladores, como policiais. Para a pesquisa, foram utilizados dados de aparelhos de GPS utilizados pelos fiscalizadores.

Além disso, Bönner avaliou cerca de 15 mil violações da legislação florestal em toda bacia amazônica com o objetivo de apurar a eficácia das medidas de proteção utilizadas pelo Brasil. Os dados apurados foram do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)

Para o coautor da pesquisa, a aplicação da lei, com penalidades maiores e controles mais frequentes, são responsáveis por afastar as iniciativas de desmatamento. Segundo ele, no Mato Grosso e no Pará, onde há listas negras de empresas agrícolas que violam a legislação, a lei é bem sucedida.

“Desta forma, os comerciantes não compram mais produtos provenientes destas fontes”, explicou.

Fonte:  Agência PT de Notícias, com informações do jornal “O Globo”

Comente esta notícia