Cúpula do Mercosul busca pacto com a Aliança do Pacífico

Notícia postada em 21/07/2017 11:54

A reunião de cúpula das nações do Mercosul iniciada no dia (19) na cidade de Mendoza, no centro-norte da Argentina, foi marcada por um seminário que analisou a possibilidade de promoção de um acordo comercial do bloco com a Aliança do Pacífico, que reúne o México, o Chile, a Colômbia e o Peru. A informação é da agência chinesa Xinhua.

O pacto do Mercosul com a Aliança do Pacífico seria analisado em paralelo com o que está sendo negociado com a União Europeia. "O fortalecimento das alianças entre os diferentes blocos comerciais será um dos principais pontos da agenda na cúpula do Mercosul," disse a agência de notícias mexicana Notimex.

Essa será a primeira cúpula do Mercosul em um ano e meio, em um momento sensível para o bloco, formado por Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai, como membros plenos, com a Bolívia em processo de adesão e a Venezuela suspensa por conta das turbulências ora enfrentadas por aquele país andino.

A cúpula dos líderes será realizada nesta sexta-feira (21) e deverá gerar uma declaração conjunta ao seu final. Na reunião a Argentina, que assumiu a presidência rotativa do bloco depois que a Venezuela foi suspensa, vai entregar o comando rotativo para o Brasil.

Foto: Alan Santos/PR - Fotos Públicas (21/07/2017)

Comente esta notícia