Criolo, Maria Gadú e outros artistas participam da Virada Ocupação

Notícia postada em 05/12/2015 11:33

Evento acontecerá nos dias 6 e 7 de dezembro, em apoio aos estudantes de São Paulo. O local dos shows será divulgado uma hora antes, para todos os cadastrados.

“Eles querem guerra, nós queremos arte, música, respeito e educação”. É dessa forma que o coletivo Minha Sampa convida artistas, produtores e a mídia independente para participar da Virada Ocupação, que acontece neste fim de semana, nos dias 6 e 7 de dezembro, em São Paulo.

Em apoio aos estudantes que lutam contra a reorganização escolar do governo Geraldo Alckmin (PSDB) no estado, os cantores Criolo, Paulo Miklos, Maria Gadú, Tiê, Tico Santa Cruz e Edgar Escandurra confirmaram presença.

O local dos shows só será divulgado no domingo (6), para evitar a presença e a repressão da polícia sobre os alunos e o evento.

“Desde o início da semana os alunos estão sendo pressionados pela Polícia Militar e para evitar que tenha qualquer interferência nas escolas escolhidas para o evento nesses dias vamos esperar para divulgar o local”, explica a diretora executiva da ONG, Anna Lívia Arida.

Segundo ela, o intuito da Virada Ocupação é dar “apoio e suporte” aos alunos. “Não temos o objetivo de fazer um show enorme com milhares de pessoas”, afirma.

O texto no site diz que é em momentos históricos que os artistas surgem como “figuras para representar uma causa de milhares de vozes ignoradas”.

Já se cadastraram para participar do projeto mais de 615 artistas. Além disso, 526 pessoas vão cobrir o evento produzindo fotos, vídeos e materiais. O evento também contará com 486 produtores, além dos voluntários.

A Virada Ocupação contará com, além de shows musicais, peças de teatro, saraus e apresentações de dança e circo farão parte do movimento.

Todos os que tiverem interesse em participar devem entrar no site e se inscrever informando dia, local e com qual área deseja contribuir.

Fonte e foto: Agência PT de Notícias - por Danielle Cambraia 

Comente esta notícia