Concerto de Jazz reverencia Tom Jobim e suas composições

Notícia postada em 09/10/2015 00:49

Nada mais jazz que o som de Tom Jobim, no Teatro Amazonas. Pois é o que vai acontecer na noite desta sexta-feira (9), às 20h, com entrada gratuita.

O concerto chamado “Tons sobre Tom” terá execução das obras do compositor, arranjador, cantor e maestro, Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim – Tom Jobim – por nada menos que os talentos músicos da Amazonas Jazz Band e regência do maestro Rui Carvalho.

No concerto vão ser apresentadas músicas que marcaram a trajetória musical de Tom Jobim e o fizeram ter reconhecimento nacional e internacional, como a referência nacional “Garota de Ipanema”, num arranjo de Homero Lotito; “Triste” e “Insensatez”, com arranjos de Rui Carvalho; “Ela é Carioca”, com arranjo de Gilson Peranzzetta; “Samba de uma Nota só”, com arranjo de Rui Carvalho; “Desafinado”, com arranjo de Frank Mantooth; “Corcovado”, com arranjo de Bob Mintzer; “A Felicidade”, com arranjo de David Sharp; “O Morro Não Tem Vez”, também arranjo de Rui Carvalho, para citar alguns clássicos do repertório.

“O talento musical de Tom Jobim ficará para sempre na memória do povo brasileiro e a Amazonas Jazz Band, por meio de sua qualidade técnica e artística, contribui para a perpetuação do legado que ele nos proporcionou”, declarou o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.

Tom Jobim consagrou-se como o grande mestre da MPB por ter composto vários clássicos como “Só danço samba” e “Samba do Avião”, além de ter produzido a música brasileira mais executada no exterior, “Garota de Ipanema”. E foi essa música que o fez ganhar, em 1964, o Grammy de Música do Ano, competindo com os Beatles, os Rolling Stones e Elvis Presley.

Vinícius de Moraes e João Gilberto foram alguns dos grandes nomes que acompanharam Tom, principalmente, na consolidação do movimento da Bossa Nova, ainda na década de 50.

Tom se consagra internacionalmente e, em 1967, chega a gravar um disco com o mito americano Frank Sinatra. Foi influenciado por Debussy e Ravel em suas composições, dotadas de leveza e elegância. Em sua carreira, recebeu homenagens de compositores como Herbie Hancock e Ron Carter.

AMAZONAS JAZZ BAND

Corpo Artístico da Secretaria de Estado de Cultura, a Amazonas Jazz Band foi criada em 2000. Desde então, atua com nomes consagrados da cena jazzística mundial tanto no Festival Amazonas Jazz quanto no projeto Amazonas Jazz Band Convida.

Dentre os nomes com os quais dividiu o palco ao longo desses 15 anos, figuram artistas como David Liebman, Bob Mintzer, Chico Pinheiro, John Fedchock, Mauro Senise, Gilson Peranzetta e Dave Hanson, só para citar alguns.

Constam do repertório da Amazonas Jazz Band, ainda, dois CDs: Amazonas Jazz com Vinicius Dorin (2009) e com Gilson Peranzetta e Mauro Senise (2012).

Fonte e foto: Portal da Cultura Am

Comente esta notícia