Com toda a sua musicalidade, Gilberto Gil pede Lula Livre

Notícia postada em 29/07/2018 12:08

Gilberto Gil começou no acordeon, ainda no anos 50 no interior da Bahia, inspirado por Luiz Gonzaga, mas logo, com o violão e a guitarra elétrica, passou a retratar seu país por meio de uma musicalidade muito pessoal.

Em 1963, ao conhecer o amigo Caetano Veloso, na Universidade da Bahia, Gil inicia com ele uma parceria e um movimento que contempla e internacionaliza sua música – a tropicália.

Ligado aos movimentos sociais, políticos e culturais do Brasil, foi ministro da Cultura durante o governo Lula e, no dia 28 de julho, cantará pela libertação do ex-presidente no Festival Lula Livre, nos Arcos da Lapa, no Rio de Janeiro.

Fonte: Lula.com.br

Comente esta notícia