Cinema brasileiro é destaque em festival de países lusófonos

Notícia postada em 21/04/2016 18:18

O cinema brasileiro será o principal protagonista da 7ª edição do Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa (FESTin), que será realizado de 4 a 11 de maio, em Lisboa, Portugal.

Durante oito dias, serão exibidos cerca de 80 filmes, entre longas, curtas e documentários de oito países-membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que completa 20 anos em 2016. Desse total, cerca de 50 são brasileiros. O Brasil contará com duas mostras exclusivas, uma de longas outra de curtas. O evento tem apoio institucional do Ministério da Cultura (MinC).

Além de filmes brasileiros, serão exibidas produções de Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tome e Príncipe, Guiné-Bissau e Timor-Leste. A abertura do evento ficará por conta do longa-metragem Cartas de Amor são Ridículas, da diretora goiana Alvarina Souza Silva.

Programação complementar

Além da exibição de filmes, o festival contará com uma sessão de leitura de contos tradicionais e mesas de debate e oficinas, além de uma visita didática para crianças à sede da CPLP. 

"O objetivo é promover o cinema em língua portuguesa. Há uma dificuldade de divulgar e estabelecer esse idioma. Faltam filmes e incentivos", afirma a diretora-geral do evento, Léa Teixeira. "Desde a segunda edição, o Brasil é o país com maior número de inscrições. Dos 534 filmes inscritos, cerca de 70% são brasileiros", informa. 

Organização

O FESTin é organizado pela Associação Cultura e Cidadania da Língua Portuguesa (Asculp), em coprodução com o Cinema São Jorge. Tem parceria estratégica da Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (Egaec) e apoio financeiro da Câmara Municipal de Lisboa (CML).

Os bilhetes para o festival estarão à venda na Ticketline e na bilheteira do Cinema São Jorge, em Lisboa, a partir desta quarta-feira (20), a 3 euros (bilhete normal); 2,50 euros (até 25 anos e maiores de 65 anos:); 1,50 euro (estudantes e grupos de mais de 10 pessoas/por pessoa); 1,50 euro (Mostra CPLP de Documentários/por sessão); Sessões Festinha: 2 euros (adultos) e 1 euro (crianças até 12 anos).

Fonte: Ministério da Cultura - Foto: Divulgação

Comente esta notícia