Chico Buarque entra na luta contra o golpe

Notícia postada em 07/12/2015 20:15

O cantor e compositor Chico Buarque também entrou na luta contra o impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.

De acordo com a coluna do Lauro Jardim no jornal “O Globo” publicada na tarde desta segunda-feira (7), o músico assinou um manifesto organizado pelo teólogo Leonardo Boff.

O próprio Boff seria o responsável pelas assinaturas. Chico Buarque apoiou, durante a campanha eleitoral de 2014, a presidenta Dilma Rousseff.

O cantor participou, inclusive, de propaganda eleitoral da presidenta. “Eu voto na Dilma porque eu a respeito, eu a admiro e porque confio nela. Eu confio sobretudo na sua sensibilidade, no seu compromisso com os mais pobres. Eu voto nela por que com ela eu tenho a certeza de que os programas de inclusão social serão mantidos, aprimorados e aprofundados. A Dilma, a gente sabe o que ela pensa e sabe o que ela defende. Em 2010 eu votei na Dilma muito por causa do Lula, neste ano voto na Dilma por causa da Dilma”, disse Chico, na época.

Fonte: Agência PT de Notícias

Comente esta notícia