Casa Polaski é restaurada em Santa Catarina

Notícia postada em 12/12/2014 23:32

Quase apagada da paisagem dos Roteiros Nacionais de Imigração, a Casa Polaski, localizada em Itaiópolis (SC), foi restaurada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e devolvida à comunidade com direito de administração concedido à Associação Cultural Polonesa de Itaiópolis.

A reabertura ocorreu na última quinta-feira (11), com a presença da presidenta do Iphan (Jurema Machado) e da superintendente do Iphan-SC, Liliane Janine Nizzola.

A edificação, construída em 1928, possui representatividade para a arquitetura comercial da região de imigrantes poloneses e, ainda, compõem os Roteiros Nacionais de Imigração.

A partir de agora, passa a funcionar como um albergue e um centro de difusão cultural, promovendo oficinas de artesanato, como a pintura de ovos ou o ensino do wycinanki, tipo de recorte em papel; e de danças e culinária típicas.

Moradora das mais antigas e que guarda na memória todas as manifestações trazidas pelos imigrantes, Izabel Landowski Kollross declarou que “o momento de reabertura desse lugar é a certeza de que a cultura de nossos antepassados, que vieram com a colonização polonesa, será sempre preservada por toda comunidade e repassada aos mais jovens.”

Na cerimônia, os ritmos Polones e Krakowiak, foram dançados e cantados por crianças, adultos e moradores mais antigos, compartilhando os traços mais característicos, deixados pela ocupação polonesa. Este ato inaugural passa a dar significado a Casa Polaski, ocupada por aqueles que têm sua memória atrelada ao lugar, reforçando a identidade dos que compartilham a cultura.

Foto: Ritmos Polones e Krakowiak, foram dançados e cantados durante a cerimônia - Divulgação/Iphan

Fonte: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Comente esta notícia