Basquete brasileiro faz parceria pioneira com a NBA

Notícia postada em 12/12/2014 20:43

O secretário de Esporte de Alto Rendimento do governo federal, Ricardo Leyser, participou, nessa quinta-feira (11), no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, do anúncio da parceria pioneira da Liga Nacional de Basquete (LNB) com a NBA (National Basketball Association), maior liga de basquete do mundo, para impulsionar a modalidade no Brasil.

O evento contou com a presença de executivos da NBA e da LNB e de outros dirigentes do esporte nacional. A parceria é de longo prazo e a primeira neste formato entre ligas esportivas no País.

Com apoio da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), o objetivo é aumentar a popularidade do basquete no Brasil e gerar novos negócios que valorizem a modalidade.

“A NBA sempre teve compromisso com o Brasil e vê no País um lugar estratégico para um planejamento a longo prazo. A LNB fez um trabalho tremendo no desenvolvimento do NBB nestes últimos sete anos e esperamos continuar com essa evolução nos próximos anos.”, declarou o norte-americano Jason Carrily, um dos executivos da NBA presentes ao anúncio.

E completou: "Esperamos que o NBB possa se tornar um dos maiores campeonatos de basquete do mundo e estamos muito animados".

Pelos próximos anos, a parceria vai se expandir e pode abranger outras áreas, incluindo novos negócios envolvendo o Novo Basquete Brasil (NBB), operações de basquete e desenvolvimento de atletas, entre outras iniciativas.

“Após construirmos a LNB gradativamente nos últimos seis anos contando com o apoio incondicional dos nossos importantes apoiadores, Ministério do Esporte, Rede Globo e CBB, chegou a hora de darmos um passo bastante significativo para o avanço da nossa liga”, disse o presidente da LNB, Cássio Roque.

“ Vamos estar perto dos apaixonados pelo basquete, conquistar novos fãs e ajudar não só no crescimento, mas também no desenvolvimento da modalidade”, afirmou Arnon de Mello, diretor-executivo da NBA no Brasil.

Criada em 2008, a Liga Nacional de Basquete (LNB) reuniu os principais clubes do País para a fundação de uma liga que traria o melhor do basquete brasileiro aos fãs.

Campeonato

Na edição deste ano (2014/2015), iniciada no fim de outubro, o campeonato Novo Basquete Brasil apresenta 16 times na principal competição da modalidade no Brasil.

Durante a temporada, o NBB apresenta algumas marcas conhecidas do NBA ‘All-Star’ Weekend, como os desafios de habilidade, os torneios de três pontos e o campeonato de enterradas.

Além do trabalho que faz dentro de quadra, a LNB entende a importância de integrar e envolver a comunidade no seu dia a dia. Por isso, jogadores, treinadores e representantes da entidade participam, com frequência, de ações comunitárias e iniciativas sócio-educativas, além de clínicas de basquete voltadas a jovens e crianças de todo o Brasil.

NBA 

A NBA é uma empresa mundial de mídia e esportes que possui três ligas profissionais de basquete: NBA, WNBA (liga feminina profissional de basquete) e D-League (Liga de Desenvolvimento).

A liga se estabeleceu em âmbito internacional, tendo 13 escritórios espalhados pelo mundo, partidas transmitidas em 215 países e territórios em 47 línguas. Os produtos oficiais da NBA são vendidos em mais de 125 mil lojas de 100 países nos seis continentes.

No início da temporada 2014/2015, a liga apresenta um recorde de 101 jogadores internacionais, de 37 países e territórios.

Na esfera digital, a NBA tem a NBATV, disponível em aproximadamente 60 milhões de casas dos Estados Unidos, e a NBA.com, que alcançou o recorde de 26,9 bilhões de páginas visitadas durante a temporada 2013/2014, mais da metade desse número originadas fora da América do Norte.

A NBA é a liga de esportes profissionais número 1 nas mídias sociais, com mais de 700 milhões de ‘curtidas’ e seguidores pelo mundo, englobando perfis da liga, equipes e jogadores.

Sobre a NBA no Brasil

A NBA inaugurou seu endereço no Brasil em setembro de 2012. Localizado no Rio de Janeiro, o escritório é o 15º pelo mundo e tem como principal objetivo aproximar a liga dos fãs brasileiros.

Para isso, tem parcerias com os canais ESPN e Space e disponibiliza produtos oficiais licenciados pela loja NBA.com, e-commerce administrado em parceria com a Netshoes.

Desde que foi aberto oficialmente, o escritório da NBA no Brasil vem realizando mais eventos, firmando parcerias, criando oportunidades de negócios e trabalhando em conjunto com as entidades que comandam o esporte pela massificação da modalidade no País. As redes sociais da NBA Brasil têm mais de 500 mil fãs.

Desde 2002, a liga realiza eventos no País, tendo sido o ‘Latinos Unidos’ o projeto pioneiro.

Em 2013, o Rio de Janeiro foi sede do primeiro jogo oficial da NBA no Brasil: Washington Wizards, de Nenê, e Chicago Bulls se enfrentaram em uma partida válida pela pré-temporada, dentro do projeto Global Games.

Em outubro deste ano, Cleveland Cavaliers e Miami Heat jogaram no Rio de Janeiro pela edição 2014 do NBA Global Games.

Na temporada 2014/2015, o Brasil tem número recorde de atletas inscritos na liga, com sete no total: Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers), Bruno Caboclo e Lucas ‘Bebê’ Nogueira (Toronto Raptors), Leandrinho Barbosa (Golden State Warriors), Nenê Hilário (Washington Wizards), Vítor Faverani (Boston Celtics) e Tiago Splitter (San Antonio Spurs), que se tornou o primeiro brasileiro campeão da liga na última temporada jogando pelo San Antonio Spurs.

Sobre a LNB

A Liga Nacional de Basquete (LNB) foi lançada em dezembro de 2008, reunindo as principais lideranças e os mais representativos clubes do basquete brasileiro, com o objetivo de reconduzir o esporte ao posto de segundo mais popular do Brasil, atrás apenas do futebol.

A LNB traz ao País a ideia consagrada pela NBA: uma liga independente, gerida pelos próprios clubes. A LNB conta com 16 clubes associados, de quatro estados e Distrito Federal, que participam do NBB (Novo Basquete Brasil), campeonato brasileiro masculino adulto de basquete, organizado pelos times, com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB).

Além do NBB, a LNB também organiza mais duas competições: a Liga Ouro, que foi criada em 2013 como uma divisão de acesso ao NBB; e a LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete), competição nacional de clubes sub-22, organizada em parceria com o Ministério do Esporte, que vem sendo fundamental para a geração de novos talentos para a modalidade no País.

Foto: Dirigentes da LNB e da NBA posam para foto: acordo histórico para o basquete brasileiro - Divulgação/LNB

Fonte: Brasil 2016

Comente esta notícia