Bancos públicos anunciam crédito para manter empregos na indústria de automóveis

Notícia postada em 20/08/2015 16:34

O setor automotivo terá R$ 3,1 bilhões em recursos do Banco do Brasil até o final deste ano para que a indústria de carros possa atravessar o atual período de queda nas vendas. O repasse dos recursos tem como objetivo apoiar atividades industriais das montadoras e manter empregos.

O anúncio do empréstimo foi feito pelo banco estatal nesta quarta-feira (19) e poderá ser ampliado a R$ 9 bilhões caso a linha de crédito seja estendida a “uma ampla gama de setores produtivos”, conforme nota à imprensa divulgada pelo BB.

Segundo o presidente Alexandre Abreu, o BB mapeou 354 grupos com operações no país que podem ser beneficiados com o repasse já assegurado à indústria de carros. Na terça-feira (18), a Caixa Econômica Federal já havia anunciado R$ 5 bilhões em linhas de crédito e capital de giro com condições especiais para o setor.

Somadas, as linhas do BB e CEF para as montadoras podem alcançar um total de R$ 8,1 bilhões a R$ 14 bilhões. A proposta é que fabricantes de carros e peças, que formam uma das maiores cadeiras produtivas do país, possam assegurar o pagamento de compromissos com credores.

O vice-presidente de Controle de Riscos do BB, Walter Malieni, afirmou que os empréstimos serão concedidos via antecipação de recebíveis e serão garantidos pelo próprio contrato de fornecimento de peças às montadoras.

Fonte: Agência PT de Notícias com informações do G1

Comente esta notícia