Aeroporto de Brasília será ampliado e vai se tornar Cidade Aeroportuária

Notícia postada em 20/12/2015 09:13

O Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek terá um plano de expansão que inclui, entre outros pontos, um shopping com 280 lojas, salas de cinema, edifícios corporativos, centro de convenções, uma rede composta por cinco hotéis, hospital, mais 4 mil vagas de estacionamento e até um parque aquático. As obras serão iniciadas no segundo trimestre de 2016 e vão gerar 13 mil novos empregos, segundo estimativa da concessionária, a Inframerica.

O projeto, batizado de “Primeira Cidade Aeroportuária da América Latina", prevê um novo e mais amplo terminal para voos internacionais.  O empreendimento terá 303 mil metros quadrados de área construída, ou seja, cerca de quatro vezes o espaço atual do terminal de passageiros do aeródromo. O projeto foi apresentado nesta sexta-feira (18/12) pelo presidente da Inframerica, José Luis Menghini, em cerimônia que celebrava três anos de concessão do aeroporto de Brasília.

Com as novas obras, o aeroporto terá capacidade de receber até 1,5 milhão de passageiros internacionais por ano, 130% a mais do que atualmente. O aeroporto de Brasília, um dos principais do País, deve ter um crescimento de 7% neste ano.

Para o ministro da Aviação, Guilherme Ramalho, os números positivos do aeroporto e as projeções de crescimento confirmam o sucesso da política de concessões do governo federal. “Essas melhorias tem demonstrado um caminho acertado e continuaremos nessa linha, estabelecendo a concorrência e desenvolvimento para o setor”, avaliou.

Desde 2012, quando a Inframerica assumiu o aeroporto de Brasília, o terminal passou de 60 mil metros quadrados para 110 mil metros quadrados, um aumento operacional de 45%. Hoje são 70 posições para estacionamento de aeronaves, um incremento de 67%. Com a nova infraestrutura, o aeroporto comporta hoje até 60 voos por hora e 21 milhões de passageiros por ano, 5 milhões a mais do que vinha recebendo.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Secretaria da Aviação Civil/ Foto: Portal Copa 2014

Comente esta notícia