No lugar da histeria contra a corrupção, transparência e revolução política

Coluna postada em 30/03/2015 18:09

“O Brasil não vive uma crise de corrupção. Vive, isto sim, a crise do fim de sua histórica impunidade”, diz Marcelo Zero em  Corrupção: os limites e equívocos da abordagem neoudenista - uma contribuição ao debate. Para ele, o enfrentamento contra esse mal histórico “está apenas começando”, e é preciso avançar mais, transformando a revolução social dos últimos 12 anos numa revolução política.

Leia íntegra em PDF.

Comente esta coluna